segunda-feira, julho 18, 2005

Ao coração fundo do oceano

queres escrever?
toma de tua lira, ou de tua ira,
mas ergue tua cabeça ao sonho
suave ou medonho que te cabe.

cava com tua coragem
e tuas próprias mãos
a câmara secreta que conduz
ao coração fundo do oceano.

observa, sem plano,
a densa fala do ultramar...
permite ensurdecerem-te as águas,
algas de algures,
álgebras do alagamento pleno.

esquece tua fabulária necessidade
do oxigênio, inflando teus pulmões
das abluções, das mágicas poções
em segredo translúcido das medusas...

abre-te, solícito, às musas da lentidão
e percebe, na tontura lívida do mergulho
que a pedra do teu orgulho pende ainda
em teu pescoço moço de poeta novo.

2 comentários:

André Leemax disse...

oi Renato, estão realmente lindas suas palavras digtadas....me tocou muito; sabes que sou teu fã além de amigo, né?!...beijão.

Márcia Dantas disse...

passo por aqui pela primeira vez...
sempre belo,meu amigo...
te amo.

Quem sou eu

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Renato Torres (Belém-Pa. 02/05/1972) - Cantor, compositor, poeta, instrumentista, arranjador, diretor e produtor musical. Formou diversas bandas, entre elas a Clepsidra. Já trabalhou com diversos artistas paraenses em palco e estúdio. Cria trilhas sonoras para teatro e cinema. Tem poemas publicados nas coletâneas Verbos Caninos (2006), Antologia Cromos vol. 1 (2008), revista Pitomba (2012), Antologia Poesia do Brasil vol. 15 e 17 (Grafite, 2012). Escreve o blog A Página Branca (http://apaginabranca.blogspot.com/). Em 2014 faz sua estreia em livro, Perifeérico (Verve, 2014), inicia a produção do CD Vida é Sonho, quando inaugura o Guamundo Home Studio, seu estúdio caseiro de gravação e produção musical, onde passa a trabalhar com uma nova leva de artistas da cidade.