terça-feira, abril 05, 2011

Canto Tonto

não se ocupe do que sinto
tenho em mim um labirinto
cuja natureza minto
ao compor esta canção

tão cansado das esquinas
da trapaça das neblinas
sigo o rastro que destina
ao encontro da razão

e resolvo a talho cego
todo enigma que nego
tanto que o desassossego
me acompanha desde então

desde antigos carnavais
onde máscaras e ais
eram enredos desiguais
descompasso da ilusão.

não se preocupe tanto
só me dê esse desconto
canto, e posso por enquanto
não ter qu
alquer direção

contudo, não me contento
em soprar aos quatro ventos
sei que a qualquer momento
meus pés vão tocar o chão

mas meu pouso será breve
tenho a consciência leve
e o que digo só se escreve
com tinta do coração

não careço, então, de pena
de tudo o que me condena
reconstruo meu poema
dilema sem solução.


Quem sou eu

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Renato Torres (Belém-Pa. 02/05/1972) - Cantor, compositor, poeta, instrumentista, arranjador, diretor e produtor musical. Formou diversas bandas, entre elas a Clepsidra. Já trabalhou com diversos artistas paraenses em palco e estúdio. Cria trilhas sonoras para teatro e cinema. Tem poemas publicados nas coletâneas Verbos Caninos (2006), Antologia Cromos vol. 1 (2008), revista Pitomba (2012), Antologia Poesia do Brasil vol. 15 e 17 (Grafite, 2012). Escreve o blog A Página Branca (http://apaginabranca.blogspot.com/). Em 2014 faz sua estreia em livro, Perifeérico (Verve, 2014), inicia a produção do CD Vida é Sonho, quando inaugura o Guamundo Home Studio, seu estúdio caseiro de gravação e produção musical, onde passa a trabalhar com uma nova leva de artistas da cidade.