segunda-feira, dezembro 12, 2011

Beleza Verdadeira

Toma de asssalto a tarde:
faz tinir a brevidade do riso
escolhe correr pelas calçadas
alça teu voo rasante
diante da plateia distraída.

Faz do escuro um rescaldo nítido:

acena para a longínqua explosão
inevitada, e afaga teu coração,
alarga teu coração, alegra teu
coração ao sangramento - que
é dentro onde crestam luzes.

Deixa tudo ser à solitude:
abençoa os rudes, compreende-lhes
a verossimilhança, a criança
amuada dos dias difíceis.


Opera teu júbilo secreto, e apesar
resolve o pulsar na entrega
incondicional da beleza verdadeira.

14 comentários:

edson coelho disse...

cara,alarga... alegra teu coração ao sangramento - além de tudo, esse "gra": um dos teus melhores momentos. pra frente é que se voa, amigo. parabéns.

Renato Torres disse...

Edson,

meu querido amigo, e poeta: sabes bem onde é que apertam as esporas! muito me alegra (alarga, afaga...) o coração saber de teus olhos doutos em cima do que escrevo...

te abraço, com carinho!

r

Holofote Virtual disse...

Renato, muito alegrou-me e alargou minha tarde e meu coração!
bj
Lu

Madalena Barranco disse...

Renato, poeta,

Uma vez que se "alarga" o coração, Ele fica impossível e quer amar a tudo e a todos!!

Lindo poema:)

Beijos
Madá

antonio presença disse...

Viver é a coisa mais rara do mundo. A maioria das pessoas apenas existe, mas nao vive, e eu aqui olhando, atravessando as esquinas, sublinhando as palavras à distancia.. vivo no dia dia dos andares e entre as palavras que absorvo. obrigado pela alegria que adicionas a vida.
A sensibilidade é alegria do corpo. suas palavras cortejam com alegria a minha mente.
Obrigado !

Saudades dos poemas e dos copos. Das canções inacabadas que ficaram como folhas ao vento, mas sempre lembradas com a mesma alegria da qual escrevo estas palavras!!

Vamos confabular.. Suas palavras ainda me acompanham..

abraçosss do seu eterno admirador e amigo

Antonio presença

Simone Almeida disse...

MIL PERDÕES E AMOR TRANSBORDANTE DENTRO DE TEU CORAÇÃO!!
PARABÉNS PELO POEMA!!

Soc Ferreira disse...

Lindo e lindo! Beleza simplismente é como vejo mais este poema... Penso até em colocar num cartão de natal, com os creditos logicamente!
Que bela pessoa és meu querido amigo!

Pagliaccio Alves disse...

Esse é lindo.

Renato Torres disse...

Luciana,

que bom saber que o que escrevo pode, além do meu próprio, alargar corações outros, como o teu!

um beijo,

r

Renato Torres disse...

Madalena,

é exatamente isto: descreveste a minha sina primeira. alargar-se até que caibam todos, todos, todos. indistintamente...

um beijo, saudades! feliz 2012!

r

Renato Torres disse...

Presença,

as tuas palavras me acariciam com verdade e a marca do poeta. sempre foste um amante delas, e tratas o poema como ele quer ser tratado: com olhos vivos e atentos. também sinto saudades, na verdade, sempre estamos juntos neste país da delicadeza que nunca se perde! vamos marcar, meu amigo, as taças novamente cheias, os risos largos, o coração flamejando...

abraços! feliz 2012!

r

Renato Torres disse...

Simone,

sim: é mesmo o que quero, perdão transbordando, e muito amor, sempre. para vencer as vicissitudes, com largueza de coração...

um beijo, querida... e feliz 2012!

r

Renato Torres disse...

Soc,

a beleza é, verdadeiramente, uma dádiva humana, da qual muitos deuses já sentiram inveja... e tão generosa, que se entrega fartamente, entre os olhos expectantes, refulgindo e multiplicando-se, vária, como mil abraços lúdicos...

te amo, minha amiga! feliz 2012!

r

Renato Torres disse...

Pagliaccio,

fico feliz que este tenha te agradado. seja bem vindo!...

abraços,

r

Quem sou eu

Minha foto
Belém, Pará, Brazil
Renato Torres (Belém-Pa. 02/05/1972) - Cantor, compositor, poeta, instrumentista, arranjador, diretor e produtor musical. Formou diversas bandas, entre elas a Clepsidra. Já trabalhou com diversos artistas paraenses em palco e estúdio. Cria trilhas sonoras para teatro e cinema. Tem poemas publicados nas coletâneas Verbos Caninos (2006), Antologia Cromos vol. 1 (2008), revista Pitomba (2012), Antologia Poesia do Brasil vol. 15 e 17 (Grafite, 2012). Escreve o blog A Página Branca (http://apaginabranca.blogspot.com/). Em 2014 faz sua estreia em livro, Perifeérico (Verve, 2014), inicia a produção do CD Vida é Sonho, quando inaugura o Guamundo Home Studio, seu estúdio caseiro de gravação e produção musical, onde passa a trabalhar com uma nova leva de artistas da cidade.